Energias Renováveis

Depois da energia solar, está a chegar a energia lunar!!

Simplesmente desenvolver a energia das marés, energia essa comandada pela Lua.

É uma tecnologia capaz de se tornar essencial pelo desenvolvimento de turbinas bastante mais leves e muito mais baratas. É possível afirmar que a energia das marés está hoje no ponto em que a energia eólica estava há três décadas atrás, tendo em conta o facto de a engenharia ainda não ter atingido o desenho ideal das turbinas utilizadas nos aerogeradores.

A captação da energia das marés é feita por lâminas giratórias, à semelhança das hélices que captam a energia do vento, a única e principal diferença é que essas lâminas são instaladas no mar.

Investir nas marés pressupõe uma utilização da sua capacidade de forma mais previsível do que própria energia eólica, isto porque o movimento das águas tem uma precisão de relógio. Com a utilização em grande escala, as marés são capazes de fornecer energia mais barata do que a do vento. Esta situação é facilmente concretizável tendo em conta a densidade da água que é sem dúvida maior aquando comparada com a do vento. Deste modo, as turbinas subaquáticas são capazes de se mover mais lentamente atingindo a mesma quantidade de produção que o movimento rápido das ventoinhas eólicas.

Exemplo do possível sucesso lunar está nos EUA, país que está a financiar com 16 milhões de dólares o desenvolvimento de 17 projetos deste género.

O Departamento de Energia americano concebeu um relatório identificando um enorme potencial de geração energética anual. Um valor como 1.400 terawatts-hora por ano. Em jeito de exemplo, um terawatt-hora é capaz de abastecer 85 mil casas. Prevê-se que no futuro, 10% das necessidades energéticas dos EUA poderão ser eliminadas com tecnologia submarina.

Força da Escócia
O governo do Reino Unido também tem grandes expectativas na produção desta “energia lunar”, com a instalação de um conjunto de unidades de produção capaz de atingir 120 megawatts até 2020.

A região de Pentland é considerada o melhor lugar do mundo para o aproveitamento da energia das marés e poderá eliminar metade das necessidades escocesas no futuro (cerca de 1,9 gigawatt) – Sem dúvida uma oportunidade energética para a Escócia!

A revolução Energética está a ser preparada atingindo a real E-Eficiência Energética, eficiência verdadeiramente ambicionada!

(Texto adaptado de: https://casadasustentabilidade.wordpress.com/2015/07/27/depois-da-energia-solar-vem-ai-a-energia-lunar/)

 

Se tiver alguma questão ou sugestão tendo em conta os vários temas abordados não hesite em enviar um e-mail para mestre.batista@7experience.pt.

Acreditamos em sugestões saudáveis capazes de promover o melhor da nossa plataforma.

Share this Story

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>