Veículo híbrido, híbrido de plug-in ou elétrico?

Com a semana da mobilidade elétrica chegando, agora entre os dias 18-24 de setembro, onde oferecemos promoções especiais vamos falar um pouco sobre esses veículos, suas vantagens e diferenças entre si.

Em um momento em que inevitavelmente a situação ambiental e econômica global não atravessam seu melhor período. Um momento em que a industria crresceu até alcançar níveis que beiram a loucura e que tecnologicamente não paramos de evoluir, tem sido necessário respirar um pouco na sequência desse caminho e questionarmos o que realmente queremos. E não tão somente na herança que deixaremos para o mundo, mas também de como desejamos viver o aqui e o agora. Esse problema procede principalmente na indústria do transporte, produção de energia e a agricultura.

Hoje em dia se gasta mais de 230 milhões de dólares por ano na compra de mascarás só no Japão, segundo o estudo do site de notícias Quartz. China e Coréia já começaram a adotar a prática também por seus altos níveis de contaminação.

carros-eletrico-txt

Isso não significa que este seja o método mais efetivo, no entanto, mas o pânico generalizado tem sua justificativa. Começamos a adotar medidas para tratar de combater esta situação. Diminuir a circulação por determinados lugares, reduzindo-a a tranposrtes públicos ou apenas residentes, é tão somente um exemplo. Medida que está ao nosso alcance, pois é algo que países vizinhos a Portugal, como é o caso da Espanha, mais especificamente em Madrid.

No entanto, já vinha sendo a hora de avançar nesta história de amor e ódio com o carro elétrico-híbrido.

Um carro híbrido não se pluga a nenhuma tomada de corrente. As baterias do sistema elétrico se recarregam com o próprio motor de combustão interna, quando tem excedentes de potëncia como ao freiar, desacelerar ou ao reter em uma pendente descendente, com energia que de outra maneira seria desperdiçada (freiada regenerativa). A finalidade deste modelo não é tanto poder circular constantemente no modo elétrico, mas sim reduzir o consumo e a emissão de gases. A partir dessa ideia, o carro elétrico-plugável, tratando de cumprir as expectativas que demandam mais autonomia (25-50km de autonomia).

Componentes do sistema híbrido:

A excessão dos veículos 100% elétricos, este tipo de veículo tem vários componentes comuns (híbrido em série, paralelo combinado). Os elétricos evidentemente carecem de motores elétricos.

  • Motor térmico: Seja gasolina ou diesel, mas tambèm tem uma parte que pode funcionar a gás ou com biocombustìveis. Tem pouca cilindrada em comparação ao motor convencional do mesmo tipo.
  • Motor elétrico: É praticamente silencioso. Pode se por mais de um motor com estas características. Sempre vai conectado à transmissão ou puxa diretamente nas rodas, conhecido como in-wheel.
  • Gerador: Esta função recupera energia nas freiadas, retensões e acelerações nas que o motor térmico libera uma quantidade extra de potência
  • Baterias: São geralmente de chumbo-ácido, níquel-metal híbrido, níquel-cadmio ou iôn lítio, em ordem de eficiência. São normalmente armazenados nas traseiras e fazem muito peso ao carro. Precisam de um sistema de refrigeração mas sem manutenção por parte do usuário. As baterias são à parte de 12V, como de costume.
  • Sistema de gestão: Independentemente de citarmos um modelo manual, que não é o comum, ou de um automático, para que um híbrido seja mais eficiente deve ser gerido por um ordenador com múltiplos sensores, que decida que combinação é mais eficiente em cada momento.

Enquanto os carros híbridos, em março, foram registrados um total de 4.660 uniddes, o que, somados aos vendidos nos meses anteriores, significa que em 2017, um total de 13.070 unidades foram registradas nos nossos vizinhos, a Espanha.

 

Share this Story

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>